GOVERNANCE & COMPLIANCE

GOVERNO CORPORATIVO

ESTAMOS CONSTRUINDO UMA NOVA CULTURA

As boas práticas de governança corporativa e organizações facilitam a criação de um ambiente de confiança e transparência que busca favorecer os investimentos de longo prazo, a estabilidade financeira e a integridade dos negócios, possibilitando a melhoria de sua competitividade, reputação e abertura ao diálogo com investidores e partes interessadas.
A geração de uma cultura sólida de boas práticas de governança é uma necessidade para todas as organizações, independentemente do seu porte.

ALGUNS PRINCÍPIOS DE GOVERNANÇA CORPORATIVA

  • Projete e estabeleça estruturas e práticas adequadas para promover uma cultura de ética, integridade e conformidade com os padrões que previnem, detectam e tratam de condutas impróprias corporativas ou pessoais graves.
  • Assegurar o estabelecimento de mecanismos formais de prevenção e, na sua falta, tratamento dos conflitos de interesses que possam surgir na administração e gestão. Deve possuir procedimentos formais que busquem assegurar que as transações entre as partes relacionadas sejam realizadas, com vistas ao cumprimento regulatório e de boas práticas, por todas as partes relacionadas.
  • Deve haver um Código de Ética e Conduta que reflita os valores e princípios de ética e integridade, bem como a cultura da organização. O Código de Ética e Conduta deve ser comunicado e aplicável a todos os diretores, gerentes, colaboradores e vinculados à organização.
  • O Programa de Ética e Integridade deve ser estabelecido e revisado periodicamente com base em riscos, porte e capacidade financeira.
  • Deve ser garantida a comunicação oportuna e precisa de todos os negócios relevantes ou questões da organização.
  • A orientação estratégica da empresa e o controle efetivo da gestão por parte do conselho de administração e a prestação de contas à empresa e aos acionistas devem ser garantidos

GOVERNANCE & COMPLIANCE

NOSSOS SERVIÇOS

  • Treinamento em governança corporativa para conselhos de administração. Melhores práticas por áreas. 
  • Avaliação de processos e mapeamento de riscos. 
  • Padrões COSO. 
  • Desenho e avaliação de Programas de Integridade e Códigos de Ética. 
  • Quadro internacional  
  • Treinamento regular em programas de compliance, presencial ou e-learning. 
  • Auditorias do programa de integridade e conformidade.  

CHAVES PARA LEVAR EM CONTA

  • Diretório Independente  
  • Auditoria externa independente
  • Comitê de auditoria forte
  • Integridade e transparência  
  • Códigos de ética e conduta 
  • Auditoria interna   
  • Gestão de riscos  
  • Estrutura de controle interno